segunda-feira, 26 de agosto de 2013

A desgraça determinada...

"...Como pensei, assim sucederá, e como determinei, assim se efetuará."
 
 
"Tendo pois ali o povo sede de água, o povo murmurou contra Moisés, e disse: Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós e aos nossos filhos, e ao nosso gado?"

Êxodo 17:3
 
É tão interessante vê como a palavra de Deus se cumpre, ou se auto afirma; no primeiro versículo acima Deus diz que as coisas acontecerão  do jeito que  pensamos e consequentemente determinamos, no 2º o povo de Israel diz que Deus os tirou do Egito para morrer no deserto. Posso lhe afirmar que Deus não os tirou do Egito para morrer, pelo contrário, os tirou para que tenham vida em abundância; mas o povo era tão incrédulo que determinou que ia morrer  ali e foi o que aconteceu e Deus para cumprir sua promessa teve que levantar outra geração...
Cuidado, Deus não tem coração de mãe, Ele não tolera rebeldia, ou  qualquer outro tipo de pecado; amor de mãe não tem senso de justiça, é um amor incondicional, porém Deus preza o equilíbrio entre a misericórdia e a justiça...
Reflitam... 
Na fé, Obr. Tai...


terça-feira, 20 de agosto de 2013

Desmaio: VocÊ sabe socorrer?

 
No nosso dia a dia passamos por situações adversas, principalmente nós obreiros (é cada coisa inusitada que acontece), eu acho legal que saibamos um pouco de tudo; então vai aí uma dik...
 
Na fé, Tai
Sendo o melhor para o meu Deus...

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

O Conto de uma princesa violentada

Escrevi essa história, pois tenho visto na vida de muitas crianças.

Elas crescem sem a figura masculina, sem um modelo de homem honesto e de caráter, sem uma fonte de segurança; ai quando "crescem", se entregam num relacionamento infundado muito cedo, pois buscam no namorado a segurança e a proteção que uma criança sente  no pai, se entregam sem reservas a um rapaz, que nem quer nada serio.
Ai se ilude, acaba sendo abandonada, e sente novamente a mesma dor que sentiu ao ser abandonada pelo pai, e  isso se torna um ciclo vicioso, que só Jesus e muita força de vontade  pode interromper.
Precisamos ter cuidado com o tipo de crianças que temos feito,pequenos erros tem se transformado em grandes catástrofes.
Essa responsabilidade esta nas mãos de cada pai e mãe; precisamos fazer um mundo melhor, cidadãos melhores, obreiros e pastores melhores, seres humanos melhores, e isso consiste em cuidar dos pequeninos...
Na FÉ, Taiane...

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Repara!!!

Um recadinho para as minhas queridas "colegas", que ACHAM que estão arrasando na pista...
Cuidado viu, porque vão te jogar fora "novinha"...
O que achei mais interessante é que a paródia é feita por um homem...
Até, os homens que assoviam  quando você passa, sabem que você será desprezada e desvalorizada...

Taiane Alcântara...
Colaborou: Amanda Neves

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Entrando numa fria maior ainda com a família... (filme)

Sinopse e detalhes:


Após 10 anos de convivência, enfim Greg (Ben Stiller) conseguiu se enturmar com seu sogro, Jack (Robert De Niro). Agora pai de dois filhos, Greg tenta impressionar a diretora de uma escola particular de prestígio, já que gostaria que as crianças estudassem lá. Paralelamente precisa lidar com as obras na casa, cujo atraso pode prejudicar a festa de aniversário dos filhos. Em meio a toda esta situação, Greg aceita um emprego noturno em um laboratório farmacêutico. Só que a presença de uma sexy colega de trabalho faz com que Jack volte a desconfiar do genro. 


Minha resenha...
Gosto muito desse filme, acho que tem muito a nos ensinar, principalmente a recém casados.
O filme mostra um homem se esforçando para agradar seu sogro um espião aposentado fanático.
E claro seu sogro nunca o achou bom o suficiente para sua filha.
Podemos ver como a "intromissão" de parentes pode atrapalhar o  casamento e até acabar com ele, quantas não são as que brigam em casa com o esposo e ao invés de se esforça para mudar a situação, vai para a casa da mamãe chorar?!
Enfim, um ótimo filme, recomendo...
(Lembrando que a classificação indicativa é de 12 anos)
Veja o trailer:




Beijocas, Taiane AlcÂntara
ob.taiane@gmail.com

domingo, 4 de agosto de 2013

Sr. e Sra. Smith... (filme)

Estrelado por Brad Pitt & Angelina Jolie
 
SINOPSE:
John e Jane Smith são um casal suburbano com um casamento normal e sem vida. John é um engenheiro de sucesso, e Jane uma empresária do ramo de sistemas de informática. Mas cada um deles tem um segredo que o outro desconhece: são ambos lendários assassinos. Quando recebem ambos a mesma missão e essencialmente cancelam a missão do outro, acabam trocando tiros entre si (literalmente e figurativamente) quando recebem a missão de matar um ao outro. Finalmente, enquanto guerreavam em sua casa, se reconciliam, mas acabam descobrindo que suas respectivas agências teriam armado essa mesma missão, do qual teriam recebido anteriormente. Essas agências também mandaram assassinos para matar ambos, quando o casal se reconciliou.


 Minha resenha...
 
No filme, o casal se conhece se 'apaixonam', e se casam, um casamento que vem a se torna monótono pelo fato de ser um relacionamento cheio de "pequenos segredos" ou será mentiras??   hihihihi
O que pude absorver dessa história  é que eles se casaram sem se conhecer, simplesmente por  uma paixão momentania que passou e só restou um casamento chato de dois estranhos...
Fiquei a me perguntar quantas (os) não cometeram o mesmo erro?!
Ele se distanciaram tanto que em 6 anos de casamento não perceberam que tinha algo de errado.
Será que o seu casamento, namoro, noivado não está assim? 
É assim que muitos relacionamentos acabam, tá acontecendo uma tempestade e você nem está enxergando, está tão ocupado com outras coisas, e nem conhece a pessoa que está do seu lado...
CUIDADO, para depois de anos de casamento não ter surpresas desagradáveis como tiveram o Sr. e a Sra. Smith...
(Lembrando que a classificação indicativa é de 14 anos)

 

Dik para tias da EBI: Você sabe como desengasgar um bebê?

Olá queridas tias, quero falar sobre algo importante... Sou da EBI desde de pequena, e já sou tia a um bom tempo, então já vi muitas situações dificeis e que as tias não souberam reagir...
Então vai aí uma dica, para nos ajudar a ser melhor como tia!!! 

Aprenda a desengasgar um bebê! ;-)


sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Muito forte!!!




Achei muito forte esse post do bispo, e quis compartilhar...





...Quem dizem as multidões que sou Eu? (...) Mas vós, perguntou Ele, quem dizeis que Eu sou? Lucas 9:18,20.
O Senhor Jesus, quando fez essa pergunta, não estava querendo ouvir a resposta para reparar os erros ou defeitos deles.
É claro que o Senhor Jesus sabia quem Ele era, ainda assim, tanto a multidão como os discípulos tiveram liberdade para falar o que quisessem. É impressionante como, mesmo sendo Quem era, Se expôs à avaliação humana.
Já imaginou se permitíssemos às pessoas que conhecemos avaliarem quem realmente somos? O que ouviríamos se déssemos a elas toda liberdade para falarem, sem medo ou preocupação de serem mal interpretadas, tudo o que pensam a nosso respeito e quem somos aos seus olhos?
Quando o profeta Samuel foi até Saul para dizer quem ele era, Saul não aceitou, deu várias desculpas e mentiu para se justificar. Depois mostrou quem realmente era, e o seu fim foi trágico. 1 Samuel 15.19-21
O profeta Natã foi até Davi para repreendê-lo, para mostrar quem ele era. Davi aceitou, não tentou justificar, se arrependeu do seu pecado e mostrou que, mesmo tendo cometido uma monstruosidade, e tendo pago caro por isso, era um Homem de Deus. 2 Samuel 12.7,11-13
O Senhor Jesus não vivia metido em confusão, não levava Seu trabalho na brincadeira, não andava no conselho dos incrédulos; falava sempre o que as pessoas tinham que ouvir, e não o que queriam ouvir, enfim, tinha uma vida irrepreensível.
Por isso disseram que Ele era Elias, João Batista ou um dos profetas, e os que O conheciam de perto, os Seus discípulos, viram que Ele era o Cristo, o Filho do Deus vivo.
E os que nos conhecem de perto, o que dizem que somos? Qual tem sido o nosso testemunho? Qual a resposta que daríamos a essa pergunta: QUEM SOU EU?

Filme: Vestida para casar...

Na comédia romântica, Jane, uma fã incondicional de casamentos, é sempre a dama de honra mais dedicada e nunca a noiva, já que tem uma paixão platônica por seu chefe, George.
 Do mesmo roteirista de "O diabo veste prada" (outro filme que gosto muito).

Será que essa história muda?
Gostei muito desse filme (e me identifiquei um pouco...rsrs).
(Classificação livre: Sem restrição de idade)
Veja o triler abaixo
AMOOOO...Esse filme
Enfim, recomendo!
Taiane Alcântara

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

O conto de uma princesa violentada... PARTE 3

Logo vieram as traições, o desrespeito, a agressões morais, palavras tão duras...
O seu conto de fadas virou um show de horrores...
Teve que novamente se acostumar a não ser elogiada, a ser tratada com uma servente e não como uma valiosa mulher.
Era tanto medo em uma pessoa só, se sentia uma formiga prestes a ser esmagada; não tinha coragem para se separar a sair daquela situação, as  feridas eram tão grande que não acreditava  que alguém mais ia querer viver com ela, não se sentia digna de ser amada, não se achava boa o suficiente...
Jonh nunca a agrediu fisicamente, seu pai também não; o abuso era moral e esse é tão doloroso como o físico e sexual... 
A cada dia mais amargurada, anulada..Era uma princesa violentada e desprovida de qualquer honra ou majestade; nem ao menos dignidade lhe restara...
Era  uma ciclo vicioso...
FIM?
Continua...
No próximo post estarei esclarecendo  o por quer desse "conto"; antes fosse um conto, mas essa é a história de muitas jovens, mas as raízes tem sido plantada em crianças... E essa é a minha preocupação.

Obr. Taiane Alcântara

Filme: Legalmente loira 2...

 Filme saudável, da para assistir com toda a família ou com as amigas...
Muitas menina irão se identificar com a história.
Uma bela jovem, legal, atraente, mas não se sente boa o suficiente para o seu ex-namorado, e tenta mudar a própria essência para reconquista-lo...
Mas aprende a se valorizar, e encontra alguém que pode faze-la feliz de verdade....

 Quantas não tem vivido assim?

Recomendo esse filme aprendi com ele e pode te ajudar também...
Taiane Alcântara